Saúde e Bem-estar

São João da Madeira testa projeto de recolha de resíduos de diabéticos

Autarquia distribui contentores aos doentes para depositarem material como lancetas e agulhas.

Em São João da Madeira está a ser testado um projeto de recolha de resíduos de material usado pelos diabéticos. Canetas, agulhas e lancetas usadas pelos doentes costumam ser despejadas no lixo comum mas agora passam a ser reciclados.

Em Portugal há um milhão de diabéticos e estima-se que descartem em média 650 mil unidades de lancetas e agulhas por dia.