A Lavandaria é um trabalho de investigação do jornalista Pedro Coelho que mergulha nos detalhes da lavagem de dinheiro. Testas de ferro, empresas fantasmas, identidades roubadas, empresas de transferência de dinheiro licenciadas pelo Banco de Portugal – eis o universo ambíguo e simbólico do branqueamento de capitais em Portugal.

Durante 2 anos a Polícia Judiciária portuguesa e a Polícia Nacional de Espanha investigaram em conjunto uma rede de tráfico de droga, que operava em Espanha, e uma rede de lavagem de dinheiro, com sede em Portugal. O dinheiro sujo da droga era lavado na lavandaria em Portugal. Entre 2013 e 2015 terão sido lavados cerca de 150 milhões de euros.

O processo judicial chegou ao fim em Portugal. O líder da lavandaria está preso no Estabelecimento Prisional de Lisboa; foi condenado a 12 anos. Há outros quatro condenados que aguardam uma última decisão judicial, meramente formal, para regressarem à cadeia. Um deles anda a monte, mas descobrimos-lhe o paradeiro.

Esta rede foi desmantelada mas a lavagem de dinheiro, como veremos nas duas reportagens que a SIC emite hoje e amanhã, continua.

Emitida em dois episódios, A Lavandaria é uma Grande Reportagem de Pedro Coelho e José Silva (imagem), com a colaboração das jornalistas Catarina Neves e Ivani Flora, com edição de imagem de Ricardo Tenreiro, grafismo de Patrícia Reis, ilustrações de João Carlos Santos, tratamento de cor de José Dias, pós produção áudio de Octaviano Rodrigues, produção editorial de Diana Matias, assistente de produção de Auly Ferreira, coordenação de Amélia Moura Ramos, direção Ricardo Costa.

  • 14:18
  • 2:34