País

PJ faz buscas a Margarida Martins e na junta de freguesia de Arroios, em Lisboa

Arquivo SIC

Buscas relacionadas com a gestão da antiga autarca do PS e crimes como uso pessoal de bens públicos.

A Polícia Judiciária está a fazer buscas na junta de freguesia de Arroios, em Lisboa, no âmbito de uma investigação à antiga presidente Margarida Martins. A casa da ex-autarca também está a ser alvo de buscas, adianta a revista Sábado.

Em causa estão alegados crimes económico-financeiros e usufruto pessoal de bens públicos.Sobre Margarida Martins, que já não é presidente da junta de Arroios, recaem várias suspeitas, que a revista Sábado trouxe a lume.

Desde logo a utilização de um carro da junta, conduzido por um fiscal da higiene urbana em funções, para a levar e trazer a casa aos sábados de manhã a propósito das suas idas pessoais ao mercado 31 de Janeiro, onde não pagava muitas das compras que fazia.

Margarida Martins recandidatava-se pela terceira vez ao cargo mas perdeu nas últimas autárquicas para a coligação liderada pelo PSD.