País

Polémica em colégio de Braga: professor mostrou imagens de mulheres nuas na aula

A arquidiocese de Braga abriu um inquérito, já que o professor também é padre.

Um professor de um colégio privado católico de Braga demitiu-se depois de, acidentalmente, ter mostrado imagens de uma mulher nua numa aula. A arquidiocese de Braga abriu um inquérito, já que o professor também é padre.

O caso aconteceu no início do mês, quando o professor de História foi chamado a vigiar um exame de Português de uma turma do 9.º ano de um colégio privado e católico de Braga, o D. Diogo de Sousa.

Contactados pela SIC, os responsáveis pela escola não quiseram prestar declarações, mas, aos jornais, o administrador do colégio explicou que, depois de projetar as perguntas do teste numa tela, o professor continuou a usar o computador sem se aperceber que a ligação se mantinha e que tudo o que fazia online era acompanhado pelos alunos.

Toda a turma assistiu, então, quando acedeu a um link, alegadamente enviado por um perfil falso, e abriu duas fotografias com mulheres nuas.

Os alunos filmaram, fizeram queixa aos pais e a escola abriu um inquérito, mas o professor apresentou a demissão antes ainda de serem conhecidas as conclusões.

A arquidiocese de Braga também está a averiguar o caso, uma vez que o docente é também padre, apesar de não ter qualquer paróquia a cargo.