País

Greve climática junta mais de 200 pessoas em Lisboa

Jovens pedem medidas eficazes para travar a poluição.

Os ativistas pelo clima voltaram esta sexta-feira a sair à rua em todo o mundo para exigir mais justiça ambiental. Portugal não foi exceção. Centenas de jovens reuniram-se em 14 localidades.

Os jovens reuniram-se perto do Parque Eduardo VII, em Lisboa, para exigirem mais justiça climática e medidas concretas aos políticos.

Nesta consciência, os ativistas alargam a agenda climática a outros problemas sociais, como racismo e sexismo.

Num protesto global, com mais de 1.000 ações em todo o mundo, o que os jovens pedem é que cada um faça o seu papel.

Em Lisboa, a greve climática estudantil juntou mais de 200 pessoas. Marcharam até ao Arco Cego, num percurso de dois quilómetros para lembrar o caminho que ainda falta percorrer para um planeta saudável.

ESPECIAL ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

VEJA MAIS:

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia