País

Conflito político entre o Presidente da República e primeiro-ministro? Costa responde

Costa diz que não desautorizaria o Presidente da República, depois de Marcelo sublinhar que o primeiro-ministro depende do Presidente.

António Costa garante que nunca desautorizaria o Presidente da República e rejeita qualquer conflito com o chefe de Estado. Marcelo Rebelo de Sousa ignorou as justificações do primeiro-ministro.

À chegada a Budapeste, o Presidente da República tinha feito questão de sublinhar que o primeiro-ministro depende do Presidente da República e não pode desautorizá-lo.

Marcelo respondia às declarações de António Costa, que contrariou o Presidente, afirmando que ninguém pode garantir que não haja um retrocesso no desconfinamento.

No dia em que entregou a primeira espada a um general formado na GNR, Costa jurou que não está aberta uma guerra com o Presidente da República. Costa bem pode jurar que nunca puxou da espada contra Marcelo, mas não parece ter sido essa a leitura do Presidente.

Costa foi obrigado a explicar-se. O abalo pode estar encerrado, mas numa se sabe se não terá réplicas.