País

Quatro homens detidos pela PSP depois de disparos em Lisboa

Daniel Becerril / Reuters

Registados danos em viaturas.

Quatro homens, em dois veículos distintos, foram esta segunda-feira detidos depois de terem disparado com armas de fogo entre si na zona do Rego, em Lisboa, não havendo feridos, apenas danos em viaturas estacionadas no local, avançou fonte policial.

Em declarações à Lusa, fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP explicou que o incidente aconteceu por volta das 12:00.

Os quatro homens, de idade não especificada, puseram-se em fuga após os disparos, mas acabaram intercetados pelas autoridades e detidos.

"Não há feridos a registar, apenas danos em viaturas que se encontravam no local", adiantou a mesma fonte, referindo que ficaram no local "vários invólucros de balas".

De acordo com a mesma fonte, um dos suspeitos tinha na sua posse um carregador com várias munições quando foi detido.

O caso foi entregue à Polícia Judiciária.

  • Marcelo Rebelo de Sousa: aprender a perder para depois ganhar o país

    Presidenciais

    Marcelo Rebelo de Sousa foi um predestinado. Nasceu e cresceu à boleia da ditadura, mas a sua luta foi pela democracia. Parecia não alimentar a vontade de alcançar altos cargos políticos e chegou mesmo a invocar o nome de Deus em vão: "Nem que Cristo desça à Terra!", dizia Marcelo. Declarou também que dez anos como Presidente da República era muito tempo. Mas ei-lo de novo a contrariar-se e a seguir o caminho que já lhe vinha a ser apontado.

    Ana Luísa Monteiro

  • Obrigado!

    Desafios da Mente

    As pessoas que sentem mais gratidão apreciam, de forma mais geral, os aspetos positivos em si e no mundo. Este fator confere um papel-chave à gratidão na determinação da saúde mental, uma vez que a depressão traz uma visão negativa sobre o próprio, o mundo e o futuro. Pelo contrário, a gratidão pode formar uma tríade positiva que compreende visões positivas sobre o próprio, o mundo e o futuro (otimismo).