País

Depressão Bárbara. Aviso vermelho alargado a oito distritos

Os distritos de Évora, Faro e Beja vão juntar-se aos de Setúbal, Lisboa, Santarém, Castelo Branco e Portalegre.

Os distritos de Évora, Faro e Beja vão juntar-se aos de Setúbal, Lisboa, Santarém, Castelo Branco e Portalegre que a partir das 12:00 vão estar sob aviso vermelho por causa da chuva, segundo o IPMA.

Os oito distritos estão sob aviso vermelho devido à previsão de chuva por vezes forte e persistente e ocasionalmente acompanhada de trovoada e possibilidade de ocorrência de fenómenos extremos de vento.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o aviso vermelho para os oito distritos vai estar em vigor entre as 12:00 e as 18:00 de hoje.

O aviso vermelho corresponde a uma situação meteorológica de risco extremo. Nesta situação, o IPMA recomenda que as pessoas se mantenham ao corrente da evolução das condições meteorológicas e sigam as orientações da proteção civil.

Portugal continental está sob o efeito da depressão Bárbara, que dará origem a precipitação forte, aumento da intensidade do vento com rajadas até 100 quilómetros por hora e até 130 quilómetros por hora nas terras altas e agitação marítima, em especial na costa da região sul.

Mais de 500 ocorrências, em especial no distrito de Lisboa

A Proteção Civil registou 510 ocorrências em Portugal continental na segunda-feira, na sequência da passagem da depressão Bárbara, com Lisboa a ser o distrito mais afetado pelo mau tempo.

O distrito de Lisboa é o mais afetado pelo mau tempo, com 171 ocorrências do total contabilizado, seguido pelo de Setúbal (67), Coimbra e Guarda (ambas com 37), Leiria e Santarém (ambas com 36).

"Estes seis distritos totalizaram 75% da atividade registada no território" continental, referiu a mesma fonte, acrescentando que "não há registo de vítimas".

Os únicos danos que houve foram, por exemplo, caves ou garagens inundadas, especificou a Proteção Civil.

Nova tempestade no final do mês

Depois da passagem da depressão Bárbara, o território português terá dois ou três dias de “bom tempo”, mas no fim de semana é esperada uma nova depressão, avisa Mário Marques. Deverá provocar agitação marítima sobretudo a Norte.

Para o fim do mês é esperada a tempestade Epsilon – que está neste momento a nordeste das Bahamas – que poderá circular a oeste dos Açores e atingir a Europa Ocidental.

Veja também:

  • 15,618

    Opinião

    É este o número oficial de árbitros e juízes federados que existem em Portugal, de acordo com a última informação disponível (de 2018).

    Duarte Gomes