País

Contratos com empresa do pai leva autarca de Castelo Branco a perder o mandato  

Paulo Gabriel

Paulo Gabriel

Repórter de Imagem

Jorge Costa

Jorge Costa

Editor de Imagem

Vice-presidente passa a liderar município, mas PS discute novos candidatos à sucessão.

O Tribunal Constitucional confirmou esta terça-feira que o presidente da Câmara de Castelo Branco perdeu o mandato.

Em causa está a assinatura de contratos com uma empresa do pai, no valor global de 180 mil euros.

Em comunicado, Luís Correia anunciou abandona o cargo no dia 27 de consciência tranquila. O lugar será ocupado pelo vice-presidente, mas o PS já começou a discutir novos candidatos à sucessão.