País

Paulo Pedroso abandona Partido Socialista

SIC/ Arquivo

Ex-ministro está desencantado com o partido.

Paulo Pedroso abandonou esta segunda-feira o Partido Socialista, por divergências com o Governo, liderado pelo secretário geral do partido, António Costa.

No anúncio, feito nas redes sociais, o ex-ministro e ex-porta-voz do PS acusou o atual Executivdo de não saber tratar o sindicalismo em Portugal, admitindo estar "desencantado" com o partido. Na última semana, Paulo Pedroso já tinha criticado o ex-ministro Vieira da Silva e o presidente da câmara municipal de Lisboa, Fernando Medina, no caso da venda de imóveis da Segurança Social à autarquia abaixo dos preços de mercado.