País

PJ fez buscas na empresa que forneceu as golas antifumo

Negócio das golas sob suspeita.

A empresa Foxtrot Aventura, que forneceu as polémicas golas antifumo, foi um dos locais onde decorreram as buscas desta quarta-feira de manhã.

Sete elementos da Polícia Judiciária e da Autoridade Tributária estiveram até ao meio-dia a recolher documentos e material informático. As buscas foram acompanhadas pelo administrador que no final não quis prestar declarações.

O contrato celebrado entre a Proteção Civil e a Foxtrot Aventura foi por ajuste direto.

A empresa de Fafe forneceu 15 mil kits de proteção pessoal que incluíam 70 mil golas. Ao todo, foram gastos mais de 300 mil euros.