País

Helicóptero cai na Pampilhosa da Serra

Dos cinco ocupantes, um militar teve de ser desencarcerado e levado para o hospital com ferimentos num pé. Proteção Civil já anunciou a abertura de um inquérito para apurar causas

Um helicóptero do dispositivo de combate a incêndios caiu hoje quando descolava do aeródromo de Pampilhosa da Serra (distrito de Coimbra), o que causou um ferido ligeiro, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

O alerta foi dado às 10:50 e no interior do helicóptero estavam cinco elementos do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), um dos quais sofreu ferimentos ligeiros.

Segundo a página da Proteção Civil, para o local foram mobilizados 12 operacionais e cinco viaturas.

Proteção Civil abre inquérito para apurar causas da queda de helicóptero

A Proteção Civil vai abrir um inquérito para apurar as causas da queda de um helicóptero do dispositivo especial de combate a incêndios quando descolava do Centro de Meios Aéreos na Pampilhosa da Serra, Coimbra.

Fonte da Proteção Civil disse à Lusa que o helicóptero, que transportava cinco elementos do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), um dos quais sofreu ferimentos ligeiros, caiu ao descolar do Centro de Meios Aéreos.

Anteriormente uma fonte da Proteção Civil tinha dito à Lusa que o acidente ocorreu no aeródromo da Pampilhosa da Serra.

A mesma fonte precisou que o alerta foi dado às 10:50.
Segundo a página da Proteção Civil, para o local foram mobilizados 17 operacionais e sete viaturas.

Lusa