Mundo

Captura do maior narcotraficante da Colômbia foi anunciada pelo Presidente 

Otoniel é comparado a Pablo Escobar, morto em 1993.  

O maior traficante de droga da Colômbia, depois da era de Pablo Escobar, nos anos 90, foi capturado.

Dairo Antonio Usuga, 50 anos, também conhecido como Otoniel, foi detido no município costeiro de Necocli, próximo do Panamá e tido um dos principais redutos do denominado Clã do Golfo.

A detenção foi filmada, fotografada e depois anunciada pelo Presidente da Colômbia, Iván Duque, que disse tratar-se do "golpe mais duro realizado contra o narcotráfico, neste século", no país.

O Clã do Golfo, que Otoniel chefiava, é considerado o mais poderoso no tráfico de droga na Colômbia e o maior exportador mundial de cocaína formado por ex-elementos de grupos paramilitares.

De acordo com o Governo colombiano, Otoniel é responsável pela execução de polícias e militares, e também pelo abuso sexual de crianças.

Veja também: