Mundo

Desaparecimento de Cleo Smith: estado australiano oferece um milhão de dólares por informações

Buscas decorrem pelo sexto dia consecutivo.

As buscas pela criança de quatro anos desaparecida na Austrália entraram esta sexta-feira no sexto dia. O estado da Austrália Ocidental oferece um milhão de dólares por informações sobre o caso.

A criança desapareceu durante um fim de semana com os pais, num acampamento numa zona remota, junto ao mar. A tenda tinha dois quartos, um para os pais e outro para a filha de quatro anos e um bebé de meses.

De sexta-feira para sábado, a menina, Cleo Smith, pediu água por volta das 01:30. Diz a mãe que, quando acordou às 06:30 para alimentar o bebé, a filha mais velha tinha desaparecido.

A chamada para a polícia demorou a acontecer. Os pais acharam primeiro que Cleo podia ter acordado e saído da tenda.

Nas declarações iniciais, acabaram por dizer que o fecho da tenda era demasiado alto para ser aberto pela criança e que o saco-cama também desaparecera.

A polícia diz não ter razões para duvidar da versão dos pais e, por isso, está a tratar o caso como rapto. Os abusadores sexuais registados na zona já foram interrogados.

As buscas começaram no mar, sendo que o perímetro terrestre tem vindo a ser alargado. Os trabalhos foram interrompidos na terça-feira por causa do mau tempo.

Para além da polícia e das equipas forenses, dezenas de populares estão envolvidos nas buscas.

Veja também: