Mundo

"Começou uma campanha para denegrir a atleta bielorrussa"

Krystsina Tsimanouskaya pediu asilo na embaixada da Polónia porque temia ser presa quando chegasse à Bielorrússia.

Há uma campanha para tentar destruir a carreira da atleta bielorussa que pediu asilo à Polónia, é a opinião de José Milhazes.

O comentador da SIC considera que a situação não trará grandes consequências internas para o país.

O Comité Olímpico Internacional está a investigar as condições em que a Bielorrússia alegadamente tentou forçar a velocista Krystsina Tsimanouskaya a regressar ao país.

Tsimanouskaya procurou proteção da polícia no aeroporto de Haneda, em Tóquio, no dia anterior, e desde então tem estado "num lugar seguro" e à espera de viajar do Japão para a Polónia, que lhe ofereceu um visto humanitário

VEJA TAMBÉM: