Mundo

Alforrecas que podem pesar até 40 quilos aparecem em praias espanholas

Twitter MJ Moreno

Especialistas dizem que fenómeno pode dever-se à mudança das correntes.

Alforrecas que podem pesar até 40 quilos e medir até três metros estão a aparecer em algumas praias do sul de Espanha, como as de Huelva, Málaga e Motril. No entanto, não são perigosas e não devem ser retiradas da água.

A presença de alforrecas nas praias espanholas é habitual nos meses de verão, sobretudo nas águas mais quentes do Mediterrâneo. No entanto, os banhistas ficaram alerta com o tamanho das que estão a aparecer este ano.

Segundo os especialistas, o fenómeno é raro. Luis Sánchez Tocino, biólogo marinho da Universidade de Granada, disse ao El Ideal que, apesar de raro, este tipo de alforrecas - Rhizostoma Luteum - não é perigoso.

Outros especialistas e biólogos concordaram, no Twitter, com o académico.

Este tipo de alforrecas pode medir até dois ou três metros e pesar até 40 quilos. Os peritos consideram que a presença na costa espanhola pode dever-se à mudança de direção das correntes.

Vários utilizadores da rede social Twitter estão a publicar fotografias e vídeos destas medusas nas praias:

O jornal espanhol La Vanguardia conta que a primeira vez que foram vistas alforrecas deste tipo foi há quase 10 anos, na costa de Múrcia e Andaluzia. Na altura, foram estudadas pelo Conselho Superior de Investigações Científicas.

Como com outros tipos de alforrecas, não é recomendável tocar ou tirá-las da água. A picada causa uma pequena irritação.