Mundo

Moscovo acusa Navalny de ser agente dos EUA

Tribunal russo proibiu os movimentos liderados pelo ativista.

O Kremlin acusa Alexei Navalny de ser o homem dos Estados Unidos na Rússia, uma espécie de agente, ao serviço dos interesses norte-americanos.

Navalny está detido e nega todas as acusações. Os movimentos que lidera, contra Vladimir Putin, foram proibidos esta quarta-feira por um tribunal de Moscovo.