Mundo

Grávida vítima de bala perdida numa favela do Rio de Janeiro

Polícia fazia uma rusga.

Uma mulher grávida foi vítima de uma bala perdida durante uma rusga policial numa favela do Rio de Janeiro na terça-feira.

O funeral de Kathlen Romeu, uma jovem de 24 anos, grávida de quatro meses, atingida por uma bala perdida durante uma operação policial na terça-feira, numa favela da zona norte da cidade, decorreu esta quarta-feira e foram vários os apelos para que termine a violência policial na região.

Segundo dados oficiais, nos primeiros três meses deste ano foram registadas 453 mortes de civis em operações policiais no Rio de Janeiro, número 18% superior ao do primeiro trimestre de 2020.

No ano passado, o número de vítimas mortais por intervenção policial no Rio de Janeiro foi de 1.245.