Mundo

Sismo na Croácia: "A cidade está arruinada"

Primeiro-ministro da Croácia aciona mecanismos de ajuda da União Europeia.

O sismo na Croácia fez pelo menos sete mortos e mais de duas dezenas de feridos. As buscas por sobreviventes continuam.

O Presidente da Câmara de Petrinja discursava quando se sentiu o sismo, com magnitude de 6.4. O resultado é visível nas imagens, casas e automóveis esmagados.

Uma central nuclear, a 100 quilómetros do epicentro do sismo, teve de ser encerrada temporariamente.