Mundo

Aprovado rendimento mínimo vital em Espanha

Juan Medina

Apoio varia entre 461 e 1.015 euros por mês.

O Governo espanhol aprovou esta sexta-feira a criação do chamado "rendimento mínimo vital".

Um apoio que varia entre os 461 euros mensais para quem viva sozinho e os 1.015 euros por mês para famílias que sofrem de pobreza extrema.

O Executivo estima que a medida vai beneficiar 850 mil agregados familiares, num total de 2,3 milhões de pessoas.

Começa a ser pago pela Segurança Social espanhola já no mês de junho a quase 100 mil famílias e vai custar aos cofres do Estado cerca de 3 mil milhões de euros por ano.