Mundo

Sismo na Turquia faz mais de 20 mortos

Sismo na Turquia faz mais de 20 mortos

Abalo de 6,8 na escala de Richter fez também mais de mil feridos.

O sismo foi sentido com mais força na província de Elazig, a 500 quilómetros de Ancara, e deitou por terra vários edificios. As equipas de socorro passaram a noite a procurar sobreviventes entre os destroços.

No momento do abalo, centenas de pessoas saíram de casa e fugiram para a rua. Muitas não sabem ainda quando vão poder voltar, dadas as condições em que ficaram as habitações.

O Presidente turco já garantiu que estão a ser tomadas todas as medidas necessárias para ajudar as populações das áreas mais atingidas pelo terramoto. Tanto as forças armadas como organizações civis de ajuda humanitária já enviaram meios para a zona.

Com as temperaturas negativas registadas durante a noite, a prioridade é distribuir tendas, camas e mantas. Escolas, bibliotecas e centros desportivos vão receber os desalojados.

O terramoto foi seguido de mais de 200 réplicas. Foi sentido a mais de mil quilómetros do epicentro em vários países da Europa e do Médio Oriente.

É mais um abalo a registar num país com elevada atividade sísmica. Há 20 anos, por exemplo, um sismo a sul de Istambul fez mais de 17 mil mortos.

Veja também: