Mundo

Luigi Di Maio abandona liderança do partido M5S

ETTORE FERRARI / EPA

Mas deverá manter o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros, avança imprensa italiana.

O líder do Movimento Cinco Estrelas (M5S) Luigi di Maio, demitiu-se do cargo no partido, a quatro dias de uma eleição regional crucial, avança uma fonte do partido à agência Reuters

Deverá, no entanto, manter o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros do Governo de coligação com o Partido Democrata (esquerda), avança a imprensa italiana.

"Mas este é o momento para um passo atrás no partido. Estou fatigado, exausto", terá comentado a pessoas próximas.

Di Maio esteve esta manhã reunido com os ministros que pertencem ao seu partido e vai fazer uma declaração esta tarde, às 17h00 locais, 16h00 em Lisboa.