Mundo

Morreu a jovem indiana vítima de violação que foi incendiada quando ia testemunhar em tribunal

Anushree Fadnavis

De acordo com os últimos dados oficiais, foram registadas mais de 33 mil violações na Índia em 2017.

A jovem de 23 anos, vítima de violência doméstica, que foi incendiada a caminho de uma audiência em tribunal no norte da Índia acabou por morrer devido aos ferimentos.

A mulher foi atacada por um grupo de homens do estado de Uttar Pradesh. Dois deles, que tinham sido libertados sob fiança, tinham sido acusados de violação coletiva pela vítima. Cinco pessoas relacionadas com o casa foram detidas.

De acordo com os últimos dados oficiais, mais de 33 mil violações foram registadas na Índia em 2017, das quais mais de dez mil foram cometidos em vítimas menores.

  • Quem é Isabel dos Santos?
    10:33