Mundo

FBI admite que Samuel Little é o serial killer mais letal dos EUA

Bob Chamberlin

Os investigadores do Federal Bureau of Investigation já verificaram e confirmaram 50 crimes

Samuel Little confessou, no ano passado, que matou 93 pessoas entre os anos 70 e 2005 e os analistas do FBI acreditam que as suas palavras são credíveis, pode ler-se na página oficial do Federal Bureau of Investigation. Os investigadores já verificaram e confirmaram 50 crimes.

As vítimas, quase todas mulheres, foram todas estranguladas, à exceção de uma que foi afogada, mas muitas das investigações desses crimes foram concluídas relacionando as causas da morte com overdoses ou até acidente. O FBI diz também que alguns corpos nunca foram encontrados.

O FBI publicou ainda 30 desenhos do criminoso que retratam as vítimas. Little, de 79 anos, está preso na Califórnia desde 2012 depois de ter sido condenado a várias prisões perpétuas pela morte de três mulheres, conta o “The Guardian”.

O Federal Bureau of Investigation está, há cinco anos, a investigar a relação de Little com múltiplos crimes por resolver. Agora que admitiu a sua responsabilidade, falta ainda o match com outras dezenas de investigações incompletas ou erradas.