A vacinação em Portugal e no Mundo

Agência Europeia do Medicamento divulga hoje parecer sobre a vacina da Johnson & Johnson

SHANNON STAPLETON

Utilização está suspensa nos Estados Unidos e na Europa por existir uma relação com coágulos sanguíneos.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) dará esta terça-feira um parecer sobre a vacina Johnson & Johnson/Janssen contra a covid-19, cuja utilização está suspensa nos Estados Unidos e na Europa por existir uma relação com coágulos no sangue.

A "conferência de imprensa virtual sobre as conclusões a propósito da avaliação da segurança" da vacina do grupo Johnson & Johnson deverá ter lugar às 16:00 (hora de Portugal).

Primeiras vacinas da Johnson & Johnson já chegaram a Portugal

Portugal já recebeu as primeiras 31.200 doses da vacina da Johnson & Johnson/Janssen, que ficarão armazenadas até haver uma decisão do regulador europeu sobre a sua utilização.

Vacina da Johnson & Johnson sob investigação na UE e EUA

A vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson/Janssen está a ser alvo de uma investigação pela Agência Europeia de Medicamentos por suspeita de provocar coágulos sanguíneos, a mesma suspeita (já quase uma certeza) que recai sobre a da Oxford/AstraZeneca.

Autorizada pela EMA a 11 de março passado, esta vacina de dose única ainda não está a ser administrada em nenhum Estado-membro da UE.

A Janssen anunciou que, por sua iniciativa, iria atrasar a distribuição do fármaco na Europa devido à suspensão preventiva da sua administração nos Estados Unidos.

A EMA já afirmou que considera que os benefícios da vacina da Janssen superam os riscos, após casos de coágulos sanguíneos nos Estados Unidos, mas avançou com uma investigação à relação que possa exisitr entre esta vacina e coágulos

Atualmente, estão aprovadas quatro vacinas na UE: Pfizer/BioNTech, Moderna, Vaxzevria (novo nome da vacina da AstraZeneca) e Janssen.

  • Está a pagar um valor justo pelo seu seguro multirriscos?
    8:25
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    Muitos portugueses podem estar a pagar a mais de seguros multirriscos, sem necessidade. No ano passado, o Contas-Poupança mostrou como podia fazer a conta para saber se estava a pagar o preço justo. Mas era um cálculo complicado. Agora há um simulador que em poucos minutos lhe diz quanto é que a seguradora lhe vai pagar se precisar de reconstruir a sua casa.