Vacinar Portugal

Covid-19: Portugal aguarda luz verde para avançar com terceira dose nos idosos

Andrej Ivanov

Decisão da Agência Europeia de Medicamentos deverá ser conhecida na próxima semana.

Portugal aguarda a luz verde da Agência Europeia de Medicamentos para começar a administrar a terceira dose da vacina contra a covid-19 aos idosos. Uma decisão que deverá ser conhecida na próxima semana.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro anunciou que o país já tem calendário para avançar com o reforço. António Costa voltou a garantir que há doses suficientes e disse esperar que esta nova campanha esteja concluída até ao Natal.

Nos maiores de 65 anos, os últimos estudos revelam que o atual esquema de duas doses é eficaz, mas a proteção que confere começa a diminuir ao fim de uns meses.

Para os mais novos, os peritos consideram que ainda não há evidências suficientes que sustentem a necessidade de uma terceira dose.

Veja também:

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia