Vacinar Portugal

Covid-19. Portugal é o quinto melhor país no ranking mundial da vacinação

Pedro Santos

Pedro Santos

Editor de Imagem

73% dos portugueses estão imunizados.

Mais de 100 mil pessoas foram vacinadas em Portugal contra a covid-19 este fim-de-semana, das quais mais de 80 mil jovens entre os 12 e os 17 anos, segundo dados oficiais. Os números da vacinação nos mais novos são animadores, dos 12 aos 19 anos 74% já conta com a primeira dose.

O processo está mais avançado nas restantes faixas etárias, com mais de 80% dos portugueses a quem já foi administrada pelo menos uma dose. Os resultados já se começam a refletir: a nível mundial, Portugal posiciona-se agora em 5.º lugar e está em 2.º entre os países da União Europeia, onde a média da vacinação é de 57%.

No próximo fim de semana há nova ronda de "Casa Aberta" para todos os portugueses, ao mesmo tempo a que os jovens com a primeira dose terminam o processo de vacinação.

A coordenação da operação nacional de vacinação contra a covid-19 anunciou na sexta-feira que a partir deste dia as pessoas podiam vacinar-se em qualquer centro de vacinação de Portugal continental desde que obtenham uma senha digital para a modalidade "Casa Aberta" (sem marcação por autoagendamento).

Passou igualmente a ser possível escolher o centro de vacinação para a toma da segunda dose da vacina, mas essa opção tem de ser feita logo no dia em que se recebe a primeira dose.

De acordo com o mais recente relatório de vacinação da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal tem 72% da população residente com o ciclo vacinal completo e 80% com pelo menos uma dose da vacina.

Veja também:

  • 3:13
  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia