Tira-Teimas

Quando é que o VAR pode ou não intervir?

Duarte Gomes

Duarte Gomes

Comentador SIC Notícias

Inês M. Borges

Inês M. Borges

Designer Gráfica e Multimédia

A Liga NOS está de regresso, motivo pelo qual recordamos as premissas-base do Protocolo VAR: afinal de contas, em que momentos é que ele tem que intervir e em quais aqueles em que nunca o pode fazer.

O Protocolo VAR continua a levantar algumas dúvidas junto de agentes desportivos, imprensa e adeptos. Junto da opinião pública em geral.

A linha entre intervir e não intervir, entre manter ou alterar uma decisão pode ser muito ténue. Há momentos em que a opção é absolutamente consensual, outros em que gera mais dúvida e discussão.

Há também muita informação para processar e o projeto - que ainda é relativamente recente - tem a capacidade de elevar algumas emoções para outros patamares.

O objetivo do trabalho que aqui se apresenta é o de tentar esclarecer, em definitivo, três questões importantes: o que é o videoárbitro; quando é que deve intervir; e quando é que nunca o pode fazer.

Estas premissas-base são fundamentais para que se possa entender, depois, tudo o resto.

Hoje, dia que marca o arranque oficial da Liga NOS - 2020/21, convido-vos a embarcar connosco nesta pequena viagem.

O saber não ocupa espaço.

A Página de Duarte Gomes na SIC Notícias

A Página de Duarte Gomes no Youtube