Polígrafo SIC Europa

Combustíveis em Portugal são dos mais caros da União Europeia?

Nico De Pasquale Photography

A carga fiscal dos combustíveis em Portugal é superior à carga fiscal média da União Europeia, no primeiro trimestre do ano.

A informação está a ser partilhada na rede social Reddit, onde um utilizador assegura que Portugal é o sexto país da União Europeia (EU) em que a gasolina é mais cara.

Será verdade?

De acordo com o Boletim dos Preços UE 27 dos Combustíveis, da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), de facto, Portugal ocupa lugares cimeiros no que respeita aos preços praticados nesta matéria.

- Gasolina 95 simples:

Portugal ocupa o sexto lugar no ranking. Os dados são do primeiro trimestre e atestam que um litro de gasolina 95 está a custar, em média, 1,50 euros. No documento, explica-se que este valor está associado à carga fiscal, que em Portugal é de 63%, um valor 3% superior à média da UE.

- Gasóleo simples:

Portugal desce uma posição: o gasóleo em Portugal é o sétimo mais caro da UE. A carga fiscal, neste caso, esteve na ordem dos 58% no primeiro trimestre do ano, 4% acima da média da UE. Um litro de gasóleo, em Portugal, custa em média 1,32 euros.

- GPL Auto:

No caso do GPL Auto, Portugal está na sexta posição, com um valor médio por litro de 0,67 euros. A carga fiscal tem um impacto no preço de 44%, também acima do valor da média europeia (34%).

A Bulgária é o país onde a gasolina, o gasóleo e o GPL são mais baratos na UE. No caso da gasolina 95 simples, a Holanda tem o combustível mais caro: um litro custa em média 1,67 euros. Na Suécia o gasóleo simples é o mais caro da União Europeia, com um preço médio por litro de 1,53 euros. Quanto ao GPL Auto, o mais caro da Europa situa-se em França, com um valor médio por litro de 0,84 euros.

É por isso verdade que Portugal é um dos países da União Europeia onde os combustíveis são mais caros. Embora não seja o país com os combustíveis mais caros, está na lista dos dez em que a gasolina, o gasóleo e o GPL são mais dispendiosos.

Avaliação Polígrafo SIC Europa: Verdadeiro

Veja também:

A União Europeia nem sempre é bem entendida e muitas vezes é alvo de notícias falsas e manipulações.

No ano em que Portugal assume pela quarta vez a presidência da UE, entre 1 de janeiro e 30 de junho, o Polígrafo SIC abre espaço ao fact-checking dedicado aos assuntos europeus e à forma como influenciam os 27 Estados-membros.

"Este projeto foi cofinanciado pela União Europeia no âmbito do programa de subvenções do Parlamento Europeu no domínio da comunicação. O Parlamento Europeu não foi associado à sua preparação e não é de modo algum responsável pelos dados, informações ou pontos de vista expressos no contexto do projeto, nem está por eles vinculado, cabendo a responsabilidade dos mesmos, nos termos do direito aplicável, unicamente aos autores, às pessoas entrevistadas, aos editores ou aos difusores do programa. O Parlamento Europeu não pode, além disso, ser considerado responsável pelos prejuízos, diretos ou indiretos, que a realização do projeto possa causar.”

  • Investir agora na infância para poupar no futuro

    Desafios da Mente

    Assegurar o desenvolvimento saudável de todas as crianças é essencial para as sociedades que procuram alcançar o seu pleno potencial sanitário, social e económico. A prevenção da adversidade precoce deve ser uma preocupação diária e não apenas assunto no mês de abril, mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância. Os Governos, as famílias, as comunidades e as organizações devem ser envolvidas a fim de alcançar estes objetivos.