Orçamento do Estado

OE 2022: Marcelo antecipou audiências para a generalidade e ouviu todos os partidos

PCP admite que ainda não houve avanços nas negociações do Orçamento do Estado.

Marcelo Rebelo de Sousa antecipou as habituais reuniões com os partidos e chamou-os para falar de Orçamento. Em vez de ser na especialidade foram já convocados para explicarem o que vão fazer na generalidade.

O primeiro a ser recebido foi o PSD, e depois da IL segue-se Chega, Verdes, PAN, CDS-PP, PCP, BE e PS.

Nos últimos dias, Marcelo Rebelo de Sousa falou várias vezes sobre a possibilidade de o Orçamento não ser aprovado - depois de BE e PCP acenarem com a hipótese de 'chumbo' já na generalidade - e defendeu que "a faca e o queijo estão nas mãos dos partidos", justificando que quis ser preventivo ao avisar que uma rejeição do documento provavelmente conduzirá a eleições antecipadas.

A votação do Orçamento do Estado para 2022 na generalidade está agendada para 27 de outubro.

VEJA TAMBÉM: