Luanda Leaks

As empresas portuguesas onde Isabel dos Santos está presente

Fernando Silva

Fernando Silva

Repórter de Imagem

Ana Rita Sena

Ana Rita Sena

Editora de Imagem

Isabel dos Santos tem participações em mais de 400 empresas por todo o mundo, de ramos como o imobiliário, telecomunicações, finanças, tecnologia ou energia. Só em Portugal, a empresária está presente em mais de uma centena.

Com os Luanda Leaks, há empresas portuguesas que podem ressentir-se ou mesmo querer afastar-se da angolana.

A EFACEC, que fabrica equipamentos para o setor elétrico, é aquela que está hoje mais exposta à empresária e os trabalhadores estão preocupados.

E o Eurobic, de que Isabel dos Santos é acionista, já cortou relações com a empresária.

LUANDA LEAKS: A INVESTIGAÇÃO

A Luanda Leaks, uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação, é a maior investigação jornalística alguma vez feita aos negócios da empresária angolana Isabel dos Santos. Mais de 715 mil documentos foram analisados por 120 jornalistas dos maiores órgãos de comunicação social de todo o mundo começaram a ser divulgados.

O Expresso e a SIC associaram-se a este consórcio internacional e revelam como a filha do antigo Presidente de Angola fez chegar pelo menos 115 milhões de dólares dos cofres da Sonangol a uma sociedade do Dubai, controlada por pessoas próximas. Todas elas portuguesas.

Veja também: