Jogos Olímpicos

Portugal nos Jogos Olímpicos. Quem continua e quem está fora

Susana Vera

Confira aqui os resultados dos atletas portugueses em prova esta sexta-feira, em Tóquio.

Judoca Rochele Nunes 9.ª em +78kg ao perder no segundo combate

A judoca portuguesa Rochele Nunes terminou em nono lugar na categoria de +78 kg, depois de perder com a cubana Idalys Ortiz, no seu segundo combate no Nippon Budokan.

Diante de Ortiz, líder mundial e múltipla medalhada em Jogos Olímpicos, com ouro em Londres2012, prata no Rio2016 e bronze em Pequim2008, Rochele Nunes perdeu já aos 1.58 minutos do golden score, prolongamento do combate, por waza-ari.

Vincent Thian

Lorène Bazolo eliminada na primeira ronda dos 100 metros

Lorène Bazolo foi eliminada na primeira ronda dos 100 metros femininos, ao terminar em quarto lugar a quarta série das eliminatórias, com o tempo de 11,31 segundos.

Bazolo, de 38 anos, precisava de ficar nos três primeiros lugares da sua série ou de conseguir um dos três melhores tempos entre as não apuradas diretamente das sete séries para seguir para as meias-finais.

TIAGO PETINGA / LUSA

Diogo Costa e Pedro Costa vencem quinta regata de 470

Os irmãos Diogo Costa e Pedro Costa, vice-campeões mundiais em título, venceram a quinta regata da competição de vela 470 dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, que saiu de Zushi.

Os dois velejadores lusos, que cumprem a estreia olímpica, sobem para já três posições na geral, para a 12.ª, depois de quinta-feira fecharem o dia no 15.º posto, com a sexta regata da classe a disputar-se ainda hoje.

A dupla tem 38 pontos, enquanto os líderes destacados são os australianos Matthew Belcher e Will Ryan. Os angolanos Matias Montinho e Paixão Afonso são 19.º e últimos, com 74.

Ivan Alvarado / Reuters

Jorge Lima e José Costa vencem nona regata de 49er

Os velejadores Jorge Lima e José Costa venceram hoje a nona regata da competição de 49er, subindo à sexta posição na geral da prova.

A dupla, que na quinta-feira tinha conseguido um quinto lugar e uma desclassificação por partida adiantada, foi hoje 10.ª na oitava regata e venceu depois a nona, recuperando assim quatro lugares.

Carlos Barria

Carolina João termina Laser Radial no 34.º lugar

A velejadora Carolina João terminou esta sexta-feira a competição de Laser Radial no 34.º posto, após 10 regatas, falhando o acesso à corrida das medalhas, na estreia em Jogos Olímpicos.

A jovem velejadora teve o seu melhor dia esta sexta-feira, com um 21.º posto e um 14.º, nas 9.ª e 10.ª regatas, respetivamente, ainda que tenha cedido um posto, para o 34.º final, em relação ao penúltimo dia de provas na categoria.

Clive Mason

Canoísta Antoine Launay eliminado nas meias-finais de slalom

Antoine Launay falhou por um lugar o apuramento para a final de K1 slalom, ao terminar na 11.ª posição as meias-finais, que apuravam os 10 melhores.

No centro de canoagem slalom de Kasai, Launay, de 28 anos, tinha apenas uma manga - num percurso novo, diferente do das eliminatórias - para mostrar valor, concluindo-a em 98,88 segundos, mais 43 centésimos do que o sueco Erik Holmer, 10.º.

Estreante em Jogos Olímpicos, Antoine Launay apurou-se para Tóquio2020 com o sétimo lugar nos mundiais de 2019, contudo, posteriormente só por uma vez voltou a atingir as finais em provas internacionais, que não foram muitas, devido à pandemia da covid-19.

TIAGO PETINGA

Patrícia Mamona qualifica-se para a final do triplo salto

Patrícia Mamona avançou hoje para a final da prova do triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, ao alcançar a marca de 14,54 metros, que assegura a qualificação direta.

Patrícia Mamona, de 32 anos, conseguiu a marca logo no primeiro salto, quando necessitava de igualar ou superar 14,40 metros ou ser uma das 12 melhores da qualificação, para estar na final olímpica, no domingo, a partir das 20:15 locais (12:15 em Lisboa).

JAVIER SORIANO

Na mesma disciplina, a estreante Evelise Veiga ficou pela qualificação. A saltadora de 25 anos não foi além de 13,93, 13,63, e 13,57 metros, piorando o desempenho a cada salto que efetuava.

Evelise Veiga, que falhou a qualificação para o salto em comprimento, tem como recorde pessoal 14,32 metros, obtidos na Maia, em 01 de junho de 2019, quando assegurou a presença em Tóquio.

JOSÉ COELHO

Auriol Dongmo qualifica-se para a final do lançamento do peso

A portuguesa Auriol Dongmo qualificou-se para a final da prova do lançamento do peso dos Jogos Olímpicos, com a marca de 18,80 metros.

A recordista nacional, de 30 anos, igualou os 18,80 metros exigidos para a qualificação direta logo no primeiro lançamento, podendo também o acesso à final ser atribuído às 12 melhores.

Auriol Dongmo, campeã da Europa em pista coberta em 2021, chegou ao concurso olímpico com o quinto registo do ano, com o recorde nacional de 19,75 metros, alcançado em Huelva, em Espanha, em 03 de junho.

CHRISTIAN BRUNA

Seleção portuguesa de andebol perde com a bicampeã mundial Dinamarca

O dia de competição portuguesa em Tóquio fechou com a Seleção Nacional de andebol, que perdeu por 34-28 com a Dinamarca, mas está a uma vitória, frente ao Japão, de se apurar para os quartos de final do torneio masculino, independentemente dos outros resultados no grupo B.

Frente à campeã olímpica e bicampeã do mundo, uma das principais candidatas ao ouro em Tóquio, a equipa treinada por Paulo Pereira perdia ao intervalo por um golo (19-20), no estádio nacional Yoyogi.

Portugal, atual quarto classificado (última posição de acesso aos 'quartos'), com dois pontos, tem vantagem direta com o Bahrain, quinto colocado, com os mesmos pontos, dado que venceu a seleção do médio oriente por 26-25.

A seleção lusa defronta no domingo o Japão, que ainda não pontuou.

WU HONG

A SIC EM TÓQUIO

CONSULTE AQUI O MEDALHEIRO OLÍMPICO