Presidenciais

Ataque de Ventura a Ana Gomes não ficou sem resposta

Em causa a escolha de Paulo Pedroso para a direção da campanha da antiga eurodeputada.

Paulo Pedroso vai integrar a direção de campanha da candidatura presidencial de Ana Gomes. A notícia provocou novas acusações de André Ventura à antiga eurodeputada e uma reação dura da candidata contra o que chamou "aventesmas fascistas".

O PROCESSO CASA PIA

Paulo Pedroso foi ministro do Trabalho e da Solidariedade do XIV Governo Constitucional, liderado por António Guterres.

Foi acusado no processo Casa Pia por abuso sexual de menores, motivo pelo qual foi constituído arguido. Durante a fase de inquérito, foi detido em plena Assembleia da República e suspendeu o cargo de deputado.

Em 2006, na fase instrutória do processo, o Tribunal de Instrução Criminal considerou que não havia fundamento para ser levado a julgamento.

Ganhou depois um processo no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, que condenou o Estado português a indemnizar Paulo Pedroso no valor de 68.555 euros.

Antes das últimas legislativas, em janeiro de 2020, Paulo Pedroso anunciou ter deixado de ser militante do PS.