Eleições nos EUA

Tomada de posse de Joe Biden termina como o céu cheio de cores

Um espetáculo de fogo de artifício marcou o fecho das celebrações de investidura do novo Presidente.

Joe Biden já está na Casa Branca. A cerimónia de tomada de posse contou com várias restrições, devido à pandemia, mas não deixou de iluminar os céus com fogo de artifício. A partir de agora, o novo Presidente norte-americano tem um objetivo: fazer a América unida outra vez.

Na tomada de posse de uma América diferente, estiveram todos os ex-Presidentes vivos, com exceção de Jimmy Cárter, devido à elevada idade. Quem também não esteve presente foi Donald Trump, por vontade própria.

Joe Biden agrada à classe artística e intelectual. No Twitter, de que Trump foi banido, nomes como Kerry Washington, Jimmy Fallon ou Arnold Schwartzenegger confessaram a emoção de testemunhar um novo dia.

Na sede da democracia norte-americana Biden abriu uma carta deixada pelo antecessor. Depois, entrou no número 1600 da Pennsylvania Avenue, uma rua que percorreu a pé, com a família e parte da sua equipa.

A celebração que foi reduzida devido à pandemia de covid-19, terminou com baile e fogo de artifício. A América mantém-se dividida, mas tem agora outra liderança que não inflama mais que os céus em dia de festa.