Crise na Venezuela

Grupo de Contacto para a Venezuela volta a reconhecer Guaidó como Presidente interino

Manaure Quintero

Guaidó prestou esta quinta-feira juramento para um segundo mandato.

O Grupo de Contacto Internacional para a Venezuela, composto por países que apoiam Juan Guaidó, voltou a reconhecer esta quinta-feira o líder da oposição como Presidente interino.

O conjunto de países da América Latina e da Europa, de onde faz parte Portugal, consideraram ainda ilegítima a eleição de Luis Parra para o mesmo cargo.

Juan Guaidó deveria ter sido reeleito no domingo, mas as forças de segurança impediram-no de entrar no parlamento.

Luis Parra acabou por ser eleito e Guaidó só hoje conseguiu prestar juramento para um segundo mandato.

Há um ano que o líder da oposição tenta convocar eleições presidenciais para tentar afastar Nicolas Maduro, no poder desde 2013.