Coronavírus

Covid-19: chega ao fim o confinamento mais longo do mundo

A cidade de Melbourne, na Austrália, passou 262 dias confinada devido à pandemia.

O avanço da vacinação contra a covid-19 na Austrália permitiu o alívio das medidas. Em Melbourne, chega ao fim o mais longo confinamento decretado em todo o mundo por causa da pandemia.

Desde março de 2020, a cidade australiana entrou foi confinada seis vezes, tendo passado 262 dias em confinamento total. Além do fim do confinamento em Melbourne, as autoridades anunciaram também o abrandamento de mais algumas restrições em Sidney.

Na Argentina, as crianças em idade escolar começaram a ser vacinadas. As autoridades do país aprovaram a administração da vacina chinesa Sinopharm a maiores de três anos.

Também no Rio de Janeiro, no Brasil, o avanço da vacinação permite que, aos poucos, os cariocas retomem algumas das atividades mais concorridas da cidade. O Brasil continua a ser um dos países mais afetados pela pandemia, mas, nas últimas semanas, mantém uma tendência de descendente.

Por outro lado, a Rússia voltou a registar um novo máximo de infeções nas últimas 24 horas. É já o quarto dia consecutivo. O avanço do vírus no país é facilitado por um plano de vacinação lento e pelas reduzidas medidas de restrição sanitária.

► Veja mais: