Coronavírus

Reabertura de discotecas: o que dizem os proprietários?

Voltam aos horários habituais, sem limitação. 

Saiba mais...

Mais de um ano e meio depois, as discotecas podem reabrir. Os proprietários acreditam que poderia ter sido mais cedo. Muitos espaços não resistiram a esta paragem forçada pela pandemia e os que conseguiram estão ansiosos para ter casa cheia.

Mais de um ano e meio depois, o pesadelo parece ter fim à vista, mas fez vítimas. Este espaço, no Algarve, já não existe como discoteca. João é também proprietário do MoMe, a antiga Kapital, um espaço emblemático da noite de Lisboa

Diz que a medida poderia ter chegado mais cedo e que os prejuízos são avultados, mas neste momento só pensa na reabertura.

As discotecas voltam ao tempo pré-pandemia. Não há de acontecer muito no Algarve. O Verão já passou e com ele levou os turistas que dariam vida à noite por estas bandas.

No resto do país, seria bem diferente, não fosse a descapitalização do setor. As poucas discotecas que resistem dizem-se prontas para o que aí vem.