Coronavírus

Covid-19. Ex-ministro da Saúde do Brasil revela que não tinha autonomia 

Deixou o Governo por divergir sobre uso da cloroquina 

Saiba mais...

O ex-ministro da Saúde do Brasil criticou duramente a gestão da pandemia de covid-19 feita pelo Presidente Jair Bolsonaro.

Nelson Teich revelou que não tinha autonomia para tomar decisões e explicou que o uso da cloroquina, recomendado pelo Presidente brasileiro, foi a principal razão da demissão.

Na comissão parlamentar que está a analisar o combate à pandemia no país, o ex-ministro ataca a estratégia de Bolsonaro e diz mesmo que o Brasil agiu tarde.