Coronavírus

Covid-19. Índia ultrapassa as 200 mil mortes

Só nas últimas horas morreram quase 3.300 pessoas, o número diário mais alto no país asiático, desde o início da pandemia. 

Saiba mais...

A Índia ultrapassou a marca das 200 mil mortes por covid-19. Nas últimas 24 horas, o país registou novos máximos diários, tanto de casos (360.960) como de vítimas mortais (quase 3.300).

A crise é particularmente grave na capital, Nova Deli, com pessoas a morrer à porta dos hospitais, apinhados e sem recursos. Em desespero, os familiares de pacientes com covid-19 fazem o que podem à porta dos templos religiosos, que oferecem ajuda, e imploram pelo oxigénio que os hospitais já não conseguem fornecer.

A nova vaga também já está a ter impacto na campanha de vacinação. A escassez de imunizantes é um dos problemas que a Índia poderá enfrentar com a ajuda, já prometida, dos Estados Unidos da América. Em conferência de imprensa, o Presidente Joe Biden garantiu que vai enviar medicamentos e material para ajudar na produção de vacinas.

A maior transmissibilidade da nova estirpe, detetada na Índia, poderá explicar a explosão do número de infetados. A OMS diz que a variante já foi identificada em, pelo menos, 17 países do mundo, incluindo Portugal.