Coronavírus

Cremações em massa na Índia devido ao aumento de mortes por covid-19

Cemitérios e crematórios já não conseguem dar resposta ao aumento de vítimas mortais. Só nas últimas 24 horas, o país registou mais de 2.200 mortes.

Saiba mais...

Com os cemitérios sobrecarregados, até as soluções alternativas se esgotam. Em Nova Deli, um parque de estacionamento foi convertido num improvisado e gigantesco crematório onde chegam dezenas de corpos, por dia. Os funcionários dizem que a situação está a ficar descontrolada:

"É muito má e, a continuar assim, teremos de cremar os corpos na estrada. Não há outra opção"

Só nas últimas 24 horas morreram, na Índia, mais de 2.200 pessoas e foram confirmadas mais de 332 mil infeções, um novo máximo diário mundial, pelo segundo dia consecutivo.

Por outro lado, o aumento de casos está a ter forte impacto nos hospitais, à beira do colapso, e a tragédia adensa-se: dos 17 doentes com covid-19, que estavam nos cuidados intensivos de um hospital nos arredores de Bombaim, só 4 sobreviveram e as chamas consumiram grande parte da unidade, lotada há vários dias.

O incêndio ocorreu dois dias depois de 22 pacientes terem morrido noutro hospital do mesmo Estado, quando o fornecimento de oxigénio aos ventiladores foi cortado devido a uma rutura num tanque.

Veja também: