Coronavírus

Covid-19. Não deixar a vacinação decorrer de forma natural é "uma atitude quase criminosa" 

Gustavo Carona, médico intensivista do Hospital Pedro Hispano, na Edição da Noite, da SIC Notícias.  

Saiba mais...

O médico Gustavo Carona critica o negacionismo político de alguns governos em relação a certas vacinas contra a covid-19, defendendo que esta atitude gera dúvidas e desconfiança da parte da população.

"A política deixar-se-á levar por algum histerismo, medo coletivo ou pela chamada 'precaução exagerada' (…) que do meu ponto de vista é incompreensível."

Na Edição da Noite, diz mesmo que não deixar a vacinação decorrer de forma natural é "um erro crasso e uma atitude quase criminosa".

"Não deixar a vacinação decorrer naturalmente, quando esta é extremamente segura, é do meu ponto de vista algo que devia ser julgado como algo de muito grave."