Coronavírus

Covid-19. Vacinas da Pfizer e AstraZeneca reduzem risco de doença grave nos idosos

Alberto Valdes

Novo estudo divulgado pelo Reino Unido.

Saiba mais...

O Reino Unido informou esta segunda-feira que as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca são “altamente eficazes” a reduzir o risco de infeção pelo novo coronavírus nas pessoas com mais de 70 anos, assim como no desenvolvimento de formas graves da doença e, por isso, evita a necessidade de internamento.

O estudo indica ainda que a vacina da Pfizer protege entre 57% e 61% as pessoas com mais de 70 anos de desenvolver a doença de forma sintomática. Já a da AstraZeneca confere um grau de proteção entre os 60% e 73% na mesma faixa etária.

Relativamente aos internamentos, uma única dose de cada uma das vacinas tem uma eficácia de mais de 80% na prevenção de hospitalizações. Há ainda dados que sugerem que a vacina norte-americana reduz em 83% as mortes por covid-19.