Coronavírus

Manuel Carmo Gomes: "Testagem é arma principal e não o confinamento" 

As explicações do epidemiologista foram dadas na última reunião do Infarmed em que participou.

Saiba mais...

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes acredita que o aumento da testagem é mais importante do que o confinamento para controlar a pandemia de covid-19.

"Penso que a testagem é a arma principal que devemos usar e não o confinamento", afirmou na reunião.

Carmo Gomes comparou a contenção da doença a colocar o pé em cima de uma mola.

"Se estivermos a pressionar uma mola com o pé, e quisermos tirar o pé sem que a mola venha para cima, pomos em cima da mola um peso que exerça um peso idêntico ao do pé. É este o papel que testagem tem", explicou.

Para o epidemiologista, o confinamento imposto atualmente está a impedir a mola de saltar. No entanto, a questão a que Carmo Gomes quis responder é como será possível sair do confinamento "sem deixar que a mola venha por aí acima". "No meu entender é com uma estratégia de testagem, com um aumento muito grande da escala", afirmou.