Coronavírus

Portugal regista novo máximo diário de mortes por covid-19

JOSE SENA GOULAO / LUSA

Mais 234 mortes e 13.987 casos de covid-19 nas últimas 24 horas .

Saiba mais...

Portugal registou esta sexta-feira mais 234 mortes por covid-19 - um novo máximo diário - e 13.987 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o relatório de situação da Direção-Geral da Saúde.

Desde o início da pandemia, Portugal contabiliza 9.920 mortes e 609.136 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, estando esta sexta-feira ativos mais 6.434 casos em relação a ontem, totalizando 157.660 casos - o número mais alto de sempre.

Quanto aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 5.779 doentes, mais 149 em relação a quinta-feira, dos quais 715 em cuidados intensivos, mais 13 - valores que também representam novos máximos desde o início da pandemia.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 200.730 contactos, mais 7.830 relativamente a ontem.

O boletim revela ainda que foram dados como recuperados mais 7.319 doentes. Desde o início da pandemia em Portugal, em março, já recuperaram 441.556 pessoas.

Dados por região

Relativamente às 234 mortes registadas nas últimas 24 horas, 111 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 48 na região Centro, 46 na região Norte, 19 no Alentejo, oito na região do Algarve e duas na região Autónoma da Madeira.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 5.983 novas infeções, contabilizando-se até agora 208.695 casos e 3.636 mortes.

A região Norte registou mais 4.270 novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e desde o início da pandemia já contabilizou 275.164 casos de infeção e 3.965 mortes.

Lisboa e Vale do Tejo e a região Norte representam 73,3% das infeções a nível nacional.

Na região Centro, registaram-se mais 2.670 casos, acumulando-se 84.162 infeções e 1.646 mortos.

No Alentejo, foram assinalados mais 491 casos, totalizando 20.721 infeções e 482 mortos desde o início da pandemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 459 novos casos, somando 14.170 infeções e 148 mortos.

A Madeira registou 84 novos casos. Esta região autónoma contabiliza 3.078 infeções e 31 mortes devido à covid-19.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 30 novos casos nas últimas 24 horas, somando 3.146 infeções e 22 mortos.

Género e faixa etária

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 274.474 homens e 334.471 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 191 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 5.159 eram homens e 4.761 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de 9.920 mortes, 6.688 atingiram pessoas com mais de 80 anos, 2.028 com idades entre os 70 e os 79 anos e 825 tinham entre os 60 e os 69 anos.

Proibido circular entre concelhos a partir das 20:00 e até segunda-feira

No âmbito da modificação do estado de emergência, o Governo determinou um conjunto de medidas extraordinárias que vão vigorar até às 23:59 de 30 de janeiro.

A proibição de circulação entre concelhos volta a aplicar-se entre as 20:00 desta sexta-feira e as 05:00 de segunda-feira no território continental, com algumas exceções previstas, entre as quais votar nas eleições presidenciais de domingo.

A medida, integrada no combate à pandemia de covid-19, foi definida pelo Conselho de Ministros, a par de outras restrições relativamente ao confinamento iniciado na semana passada, como:

  • proibição de vendas ou entregas ao postigo em qualquer estabelecimento do ramo não-alimentar
  • proibição de venda ou entrega ao postigo de qualquer bebida mesmo nos estabelecimentos autorizados ao 'take-away'
  • proibição de permanência em espaços públicos de lazer (que podem, contudo, ser frequentados).

À semelhança do que já aconteceu em outros períodos durante o estado de emergência, como a Páscoa ou o passagem do ano, o Governo decidiu voltar a restringir a circulação entre os 278 concelhos do continente ao fim de semana.

Atividade letiva está suspensa em todos os níveis de ensino

A partir de hoje, por duas semanas, a atividade letiva está suspensa, incluindo em creches e universidades.

O primeiro-ministro garantiu apoios às famílias com filhos até aos 12 anos e estabelecimentos de acolhimento para os filhos dos profissionais que sejam obrigados a trabalhar. A evolução da nova variante britânica determinou a decisão do Governo.

Aumentam os internamentos e as estruturas de apoio

A Grande Lisboa é uma das regiões mais pressionadas pelo aumento de casos de covid-19. O Governo alargou as valências das Estruturas de Apoio de Retaguarda à covid-19 e permite que passem a receber também doentes não covid em convalescença.

Lisboa (quase) deserta no segundo confinamento geral

Pandemia já matou pelo menos 2.092.736 pessoas no mundo

O novo coronavírus já provocou pelo menos 2.092.736 mortes e infetou mais de 97.457.370 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias AFP a partir de fontes oficiais até às 11:00.

Pelo menos 59.236.900 pessoas já foram consideradas curadas.

Os países que registaram o maior número de novas mortes em seus últimos levantamentos são os Estados Unidos com 4.045 novas mortes, o Reino Unido (2.539) e o México (1.803).

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos de mortes e casos, com 410.378 mortes para 24.632.468 casos, de acordo com o levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil com 214.147 mortes e 8.697.368 casos, a Índia com 153.032 óbitos (10.625.428 casos), o México com 146.174 mortes (1.711.283 casos) e o Reino Unido com 95.829 óbitos (3.543.646 casos).

A Europa totalizou até às 11:00 de hoje 687.031 mortes para 31.529.013 casos, a América Latina e Caraíbas 564.379 óbitos (17.840.992 casos), os Estados Unidos e Canadá 428.956 mortes (25.362.418 casos), a Ásia 233.763 óbitos (14.817.804 casos), o Médio Oriente 94.852 mortes (4.409.626 casos), a África 82.810 óbitos (3.365.924 casos) e a Oceânia 945 mortes (31.600 casos).

Links úteis

Mapa com os casos a nível global