Coronavírus

Covid-19. Hospitais da região Norte registam taxa de ocupação superior a 85%

Os dois maiores hospitais do Porto continuam a receber doentes de outras unidades.

Saiba mais...

Os maiores hospitais do Porto continuam a receber doentes de outras unidades. Deram entrada no S. João, na última semana, sete doentes tranferidos de Lisboa O mesmo número no Santo António, que tem neste momento uma taxa de ocupação na enfermaria e nos cuidados intensivos de cerca de 80%.

Em Matosinhos está a ser adiada metade da cirurgia eletiva e a ocupação do hospital está quase esgotada. Em Braga, a pressão aumenta a cada dia e obriga a uma gestão de camas cada vez mais difícil.

No Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa a lotação está completa, se contarmos com a assistência dada a todos os doentes com e sem covid. O hospital vai abrir um novo espaço com quatro camas para aumentar a resposta nos cuidados intensivos.

Em Vila Nova de Gaia não foi ainda necessário interromper a atividade programada urgente. O hospital tem recebido doentes infetados transferidos de outras unidades, mas diz que está também perto do limite.

Os últimos dados da Adminsitração Regional de Saúde, que se mantém sem alterações desde quinta-feira, mostram que nos hospitais da região Norte estão internados 1.261 doentes covid em enfermaria e 237 em unidades de cuidados intensivos. O que representa uma taxa de ocupação acima dos 85%.