Coronavírus

Investigadores da OMS chegaram, finalmente, a Wuhan

Depois de meses de avanços e recuos, a equipa já está na cidade onde foram detetados os primeiros casos da doença, ainda que com menos dois elementos que ficaram retidos em Singapura para realizar novos testes à covid-19.

Saiba mais...

Dois dos 15 elementos da equipa da OMS ficaram retidos em Singapura para repetir os testes à covid-19 depois de terem testado positivo para anticorpos. Os que apresentaram resultados negativos seguiram viagem e já estão em Wuhan, onde vão cumprir 15 dias de quarentena.

A missão da OMS, para investigar a origem do novo coronavírus, deverá durar entre 5 a 6 semanas.

Desde a primeira morte em Wuhan, em dezembro do ano passado, a doença já fez quase 2 milhões de vítimas em todo o mundo. Os EUA continuam a ser o país mais afetado com mais de 23 milhões de casos confirmados e mais de 384 mil mortes desde o início do surto.

  • 1:55
  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes