Coronavírus

Covid-19. "É necessário reduzir contágios, para reduzir contágios é necessário reduzir contactos"

Rui Rocha

Rui Rocha

Editor de Imagem

O ministro da Economia garante que haverá apoios para as empresas e trabalhadores.

Saiba mais...

O Governo está a ponderar um confinamento geral semelhante ao que foi aplicado em abril e maio para responder ao aumento de novos casos de covid-19. A garantia foi deixada esta tarde pelo ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

"É necessário reduzir contágios; para reduzir contágios é necessário reduzir contactos; para reduzir contactos é preciso que as pessoas restrinjam as suas deslocações ao mínimo indispensável", disse o ministro.

Estas novas medidas podem obrigar ao encerramento de alguns setores de atividade. Ainda não se sabe quais, nem durante quanto tempo irão estar de portas fechadas. Siza Viera afirma que serão implementados apoios para trabalhadores e empresas, desde logo o lay-off simplificado.

“O salário do trabalhador é pago a 100% e o empregador paga apenas cerca de 19% do valor desse salário, sendo isento do pagamento da TSU”, avançou o ministro

Vai ser majorado o valor pago a fundo perdido às empresas, no âmbito do Programa Apoiar, e vão ser reforçados os apoios aos trabalhadores independentes e aos sócios-gerentes.