Coronavírus

OMS alerta: nas reuniões familiares a máscara só deve ser tirada à refeição 

Tomás Pires

Tomás Pires

Editor de Imagem

A Organização Mundial da Saúde reforça que a Europa arrisca passar por uma terceira vaga de covid-19 já em janeiro. 

Saiba mais...

O grande receio da Organização Mundial de Saúde é ver um relaxamento global dos cuidados sanitários.

As medidas para o natal são diferentes de país para país, mas em qualquer situação, em família, a máscara só deve ser tirada à mesa da refeição.

As recomendações da DGS para um Natal em família

A cerca de 10 dias do Natal, Rui Portugal, subdiretor-geral da Saúde, apresentou em conferência de imprensa, esta terça-feira, 10 recomendações da Direção-Geral da Saúde para os portugueses passarem o Natal em família e em segurança.

O responsável salientou que as regras definidas pelo Governo devem ser cumpridas "para honrar" a diminuição de casos de covid-19 nos últimos dias e referiu que é importante gerir expectativas em relação aos encontros familiares.

"É importante gerir as expectativas de cada um: dos mais novos que irão perguntar o porquê desta situação, o porquê dos avós não estarem, e as expectativas daqueles que nós mais queremos e a quem devemos a vida, os nossos pais e os nossos avós, que também estarão assustados", afirmou o responsável.

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia