Coronavírus

Cinema sem pipocas e refrigerantes. Setor fala em discriminação 

Governo proíbe consumo de alimentos e bebidas nas salas de cinema.  

Especial Coronavírus

Por causa da pandemia de covid-19, é proibido o consumo de alimentos e refrigerantes nas salas de cinema. O setor indigna-se, faz comparações e alerta para o risco de encerramento de cerca de 70% das salas de cinema nacionais.

Discriminação é a palavra escolhida pelo sector para definir esta medida do Governo. Indignados, os empresários lembram que desde janeiro que o sector está em crise e que a promessa de linhas de crédito está a ser, em muitos casos, inatingível.

O setor lembra que, em 2019, 15 milhões de pessoas foram ao cinema e as camadas mais jovens lideraram a tabela de clientes desta atividade cultural que, agora, pode ficar sem chão.