Coronavírus

O antes e o depois de uma enfermeira. As marcas deixadas pela pandemia

Twitter @kathryniveyy

Enfermeira de 27 anos trabalha há oito meses numa ala de doentes Covid, num hospital do Tennessee, nos Estados Unidos.

Especial Coronavírus

Uma enfermeira norte-americana de 27 anos publicou esta semana fotografias nas redes sociais que mostram as marcas provocadas pela Covid-19, oito meses depois de estar numa ala de doentes Covid, na linha da frente do combate à pandemia.

A foto da esquerda é Kathryn em abril, quando acabou o curso e começou a carreira de enfermeira. A imagem da direita é recente. Mais triste, com um ar cansado e com marcas no rosto devido ao equipamento de proteção. Quando a tirou, a enfermeira estava a meio de um turno de mais de 12 horas, no sábado, no hospital onde trabalha, no estado do Tennessee, nos Estados Unidos.

Kathryn não sabe o que é ser enfermeira em circunstâncias normais. Os últimos oito meses foram os primeiros da carreira, num hospital lotado com doentes infetados com Covid-19.

"Resignei-me com o facto de as coisas irem piorar daqui a umas semanas, mas queria que o pior acontecesse agora, para que o pudessemos ultrapassar de uma vez por todas", disse ao jornal britânico Metro, referindo-se ao Natal e ao Dia da Ação de Graças.

A enfermeira contou também que o espaço administrativo do hospital foi transformado nos últimos dias para receber camas extra para doentes Covid.

Kathryn, de 27 anos, considerou ainda que há muita desinformação e teorias da conspiração que afetam o trabalho dos profissionais de saúde e afirmou que ela e os colegas lutam todos os dias contra essa desinformação em relação à Covid-19.

A publicação com as duas fotografias da enfermeira na rede social Twitter tem esta terça-feira mais de 84 mil partilhas.

Com mais de 12 milhões de infetados desde o início da pandemia, os Estados Unidos são o país com mais casos confirmados e vítimas mortais. O estado do Tennessee, de onde é a enfermeira, regista 334 mil infetados e mais de 4 mil mortes.

Veja também: